LASER

Os procedimentos a laser tornaram-se aliados eficientes para a reparação da pele e nos tratamentos de rejuvenescimento, correção de cicatrizes e até mesmo para tratar câncer de pele. Inúmeros tratamentos podem ser realizados hoje, desde os mais leves até os mais agressivos, e existe uma grande variedade de equipamentos disponíveis no combate e prevenção de problemas de pele e antienvelhecimento. 

Os tratamentos podem ser divididos em dois tipos:

 

1 - NÃO ABLATIVOS: promovem estimulação de colágeno sem nenhuma agressão à pele. Neste caso não há descamação, troca de pele, nem grandes desconfortos. São bem tolerados e alguns deles indolores, por exemplo, a luz pulsada, radiofrequência e infravermelho.  

 

2- ABLATIVOS: promovem uma renovação celular e com isso uma boa estimulação de colágeno, porém, com efeitos mais agressivos sobre a pele. Podem provocar vermelhidão, inchaço, descamação e formação de crostas. A pele sofre um dano pelo calor do laser e será renovada. Exemplo: Laser CO2 e ERBIUM Fracionados. Os resultados, porém, são mais intensos.